Capturando o coração e a alma de Lisboa

Gostaría de usufruir a plenitude da cidade junto daqueles que ama?

Lisboa, assim como a antiga Roma, foi construída rodeada de colinas , o que significa um contínuo vislumbre da cidade, á medida que os nossos olhos descem ao estuário do Tejo. Depois subimos ruas e as calçadas sinuosas que murmuram ao castelo de S. Jorge histórias e lendas de séculos.

Nós temos uma paixão pela descoberta

Lisboa vive o orgulho de um passado de “descobrir” o desconhecido. Do Infante D. Henrique, o navegador, a Vasco da Gama, Indía sonhou no Oriente, e em Africa conheceu Adamastor que na força do medo fez de homens pequenos, seres ditosos e audazes.

Um romance a cada esquina, uma chuva de luz , um som de Fado, um sussuro na noite que chora por Alfama .

Alfama- Um dos lugares mais aprazíveis

É onde estamos.

Encontre-nos . Gostaríamos muito de o receber. Partilhar um espaço feliz nas suas memórias sobre Lisboa. Talvez o possamos vêr sorrir ao longe quando partir e pensar voltar.

A minha pintura é uma partilha de luz e côr . Emoções espelhadas nas calçadas polidas percorridas por anos infindos á bolina dos eléctricos da Carris. Os mesmos que ainda hoje consomem linhas e ruas.

Aqui vive uma comunidade, que se plasma entre o novo e o decadente, etérea , que Inspira e se inspira mutúamente. As telas registram o “momento.”

Visite minha galeria pequena, mas bonita a qualquer hora e você pode realmente focar na arte e estabelecer um bom relacionamento pessoal conosco.

Na nossa Loja On-line Adquira um pequeno azulejo, uma impressão ou mesmo uma tela. Um gesto feliz..

A loja on-line resulta do conjunto dos meus trabalhos ao longo dos anos, originais ou reproduções em cerâmica ou em papel.

Visite e-Store

E finalmente.

Uma ótima maneira de partilhar a sua viagem em família e as pessoas que você ama. E isso, acredite permanecerá na sua memória.

E se você se inspirar, quem sabe se um dia não vai ter o seu trabalho pendurado nas paredes da National Gallery? :)

Um espaço pequeno, mas um grande coração.
Obrigado !

Contacto

Vinte e quatro horas na vida de um dia

UMA DISSERTAÇÃO

De olhos fechados agarro-me e entro. A tela espera no local habitual. Toco-lhe e sinto-lhe o branco rugoso, não–cor. Com cuidado, inclino-a sobre o cavalete e juntos, permanecemos em silêncio. As primeiras pinceladas chegam com a noite. Bem educadas e polidas. Depois mais confiantes, avançam e engolem quase de vez aquele branco inerte, agora refugiado em pequenos arquipélagos. Finalmente emergem em sucessivas vagas de amarelo cádmio, violeta de Marte, Siena, cobalto, num profundo azul veneziano.

Quebrou-se o silêncio.

Continue lendo
Chegou o tempo e reclama-me os pincéis. Acedo contrariado. Chamo uns livros. Sem alento as páginas caem uma a uma. Novamente o violeta , depois o branco titânio que resiste a um ocre amarelo; um ultramarino a fervilhar de terra verde. Irrompe um traço, a negro marfim. Laranja letárgico condensa-se e em círculos tinge o vermelho vivo, num verão inesperado.

Exausto e sentado no chão limpo um a um os dedos sujos de tinta. Assisto ao fim da discussão das mãos sobre o assunto. As cores, essas, indiferentes seguiram o seu caminho. Da mente para o coração. Agarro a tela. Suspendo-a por um momento e a seguir deito-a ali mesmo. Vestida percebo-lhe um pudor tardio. Coço a cabeça. Não sei se terminei. Largo-me e saio do atelier. Um sótão alto com janelas de branco fluorescente, sem a vista dos estendais da roupa como devia ser.

Cá fora o meu gato reclama do jejum. Hoje jantamos juntos.

Luz e Círculos

Em Walking in the Lisbon, pintei padrões bordados sobrepondo imagens com uma surrealidade onírica. O jogo entre planicidade tátil, linhas e círculos parece-me uma pintura de Gustav Klimt do 21st Century.

Frankfurt vista do rio Maine

Neste vídeo, caminhe em Frankfurt e detenha-se um pouco no que inspirou as obras “Autumn Sunlight” e “Traffic Light”.

Pintando em Frankfurt

Veja Frankfurt através do olhar de Abel Grade.
Veja as inspirações de suas últimas pinturas.

Férias de Verão nos Açores

Inspirando-se neste verão na segunda ilha mais habitada dos Açores.

Setembro - Execução do trabalho , “the waiting” para , Ulysses-Lisboa.

Abel Grade, criou o clima e o ambiente do Ulysses bar nesta pintura, agora exposta em Lisboa,.

Capturando o humor de 'The Waiting'

Um vídeo que captura o humor desta pintura situa-se em Ulysses, o mais pequeno dos Cocktail Speakeasy Bars em Lisboa.

Somos americanos e privilegiamos conhecer artistas locais quando viajamos. Foi um prazer conhecer o Abel ao visitar Lisboa e absolutamente amamos o seu trabalho Iremos voltar!

Obrigado Abel!

Hunter e Chrissy

Estados Unidos

Depoimentos

Somos americanos e privilegiamos conhecer artistas locais quando viajamos. Foi um prazer conhecer o Abel ao visitar Lisboa e absolutamente amamos o seu trabalho Iremos voltar!

Obrigado Abel!

Hunter e Chrissy

Estados Unidos

Pin It on Pinterest